AUMENTE A PRODUTIVIDADE NA SUA OBRA

Conversando com os profissionais do setor da construção, percebemos que há muita dificuldade em manter o elevador sem riscos e prejuízos estéticos até a entrega da obra, mesmo com os funcionários tomando muito cuidado. Por isso, muitas vezes o construtor acaba optando por deixá-lo desativado até a entrega para os condôminos.

 

O problema é que ter um elevador instalado e não poder utilizá-lo é uma tristeza só. Ao menos pra nós :P  

 

"Mas e se, no lugar das peças definitivas, nós entregássemos o elevador com subtetos e botoeiras provisórias", pensamos por aqui. E foi exatamente o que fizemos.

 

Claro, isso não elimina a necessidade de proteger o inox, mas já ajuda bastante.

 

O primeiro a testar essa solução foi o pessoal da Edificare. Entre os benefícios obtidos, Pyerri Pellizari chamou atenção para o fato de terem dois meios de transporte vertical, o que aumenta a velocidade dos deslocamentos. Além disso, ele declara que na retirada do elevador de carga, não há atrasos decorrentes da dificuldade de transporte de materiais compatíveis com as cargas do elevador social.

 

Para garantir que o elevador funcione perfeitamente durante e depois da obra ser entregue, revisamos o nosso projeto mecânico com o auxílio de um profissional com mais de 20 anos de experiência na projeção de elevadores e calculamos tudo, tim tim por tim tim, para garantir uma estrutura robusta. 
 

Para finalizar, deixo uma frase e mais dois materiais sobre produtividade que já ajudaram muitas pessoas:

 

A produtividade brasileira é menos culpa do operário e mais do gestor, que não cria as condições favoráveis para fazer com que sua equipe renda o que pode render”.

Ubiraci Espinelli, em entrevista concedida ao portal Construção Mercado do grupo Pini.

 

Veja também: Como medir a produtividade na construção civil?

Gostou da ideia?

(54) 3205.2377

Rua Santo Paese, 81 | B. Santa Catarina, Caxias do Sul - RS

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon